Por: Agro Marketing Mix Aberto em: janeiro 27, 2017 Em: Agro Eventos Comentários: 0
27jan

Falar que investir em Agro Eventos é uma estratégia indispensável para as empresas que atuam antes da porteira não é novidade nenhuma.

Não há muitos dados oficiais sobre o assunto, mas em pesquisas realizadas para nossos clientes nos últimos anos, percebemos que entre 70 e 90% dos produtores participam de eventos técnicos, no Mato Grosso, Paraná e São Paulo.

É um número muito alto que prova que os produtores aproveitam os eventos para se informar, atualizar e se relacionar com as empresas. E nossa experiência em quase 18 anos trabalhando com marketing de agronegócio também atesta isso.

É no Agro Evento que grande parte do relacionamento com as marcas se constrói. Mas agora a pergunta é: quanto destinar da minha verba, uma vez que os eventos demandam grande investimento?

Não há uma fórmula ideal, ou um número mágico. Temos investido de 50% a 60% dos orçamentos em eventos em diferentes segmentos.

Isso não significa investir apenas stands em feiras já conceituadas do Agro, mas fazer eventos autorais, palestras, dias de campo exclusivos ou em parceria, patrocínios ou atuações conjuntas.

E quanto menor a verba, maior a criatividade demandada para fazer o resultado acontecer. É muito complexo formar uma marca apenas com comunicação direta, seja ela off-line (revistas, rádio, mídia exterior) ou online (mídias sociais), especialmente no Agro. O cliente do agronegócio, seja ele agricultor ou pecuarista demanda o contato pessoal, o relacionamento próximo para criar uma conexão com a marca. Por isso eventos são muitos importantes.

Esse público precisa ver de perto os diferenciais propagados pelos produtos e serviços. Precisa apertar a mão da equipe, olhar nos olhos para ganhar confiança. É um cliente especialmente racional e desconfiado no que diz respeito à compra dos bens de produção para o seu negócio.

Para que os investimentos nessa ferramenta façam cada vez mais sentido precisamos focar no objetivos final de qualquer marca, que é vender, e buscar retorno financeiro, o chamado ROI (Returno on Investment). Mas isso é assunto para outro post.

A moral da história é a seguinte: Investir em agro eventos não é caro. Caro é não ter o retorno deste investimento.

Trackback URL: https://agromarketing.com/2017/01/27/agro-eventos-qual-do-budget-devo-aplicar/trackback/